Secretário municipal de Saúde desmente a própria fala e assume falta de médicos em postos de Santa Luzia do Paruá

Ao ser indagado pelo promotor de Justiça Hagamenon de Jesus Azevedo, o secretário enfermeiro Gean não teve como se desvencilhar das recentes afirmações que vinha fazendo em grupos de WhatsApp onde desmentia a informação. Com a constatação in loco e a exposição da decisão que visava o embargamento do evento de aniversário da cidade a história veio a tona.

No período em que a falta de médicos foi registrada (e continua) vários casos envolvendo atendimento prestado exclusivamente por enfermeiros foi registrada, inclusive resultando em agravamento de estado de saúde de terceiros.

Resta saber, se os problemas na saúde continuarão sendo mascarados!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui