CHAMEM A GAECO! Sobrinha do secretário de Educação de Governador Nunes Freire segue faturando valores milionários com licitações na gestão de Indalécio Vieira

Se o Ministério Público não agir com mais veemência ou até mesmo a GAECO, pode não sobrar nada de pé em Governador Nunes Freire até a próxima eleição municipal, isto porque o modus operandi registrado nos processos licitatórios em nada se diferencia de uma quadrilha especializada em fraudar licitações públicas.

Para completar o pandemônio, a sobrinha do secretário de Educação do município, Vanusa da Costa de Sousa Ferreira ganhou um contrato de aproximadamente R$ 200 mil ainda em 2017, para terminar de se complicar ainda mais, fora feito um aditivo nos valores negociados no dia 17 de maio deste ano com objetivo de dar ainda mais lucro para a sobrinha do secretário.

A sobrinha do secretário Joel Sousa fora contratada segundo a gestão para prestar serviços de buffet, coquetel, coffee break. A forma como ocorreu todo processo gera margem para dúvidas e desconfianças e pode expor a ação de uma verdadeira quadrilha organizada instalada em Governador Nunes Freire.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui