Início ACONTECEU NO MA Desacostumado a críticas, juiz da Comarca de Maracaçumé tentar censurar portal de...

Desacostumado a críticas, juiz da Comarca de Maracaçumé tentar censurar portal de notícias que divulgou denúncia contra sua atuação

0

Achando que ainda se encontra no Brasil que ainda respira os ares ditatoriais de outrora, o juiz Paulo do Nascimento Junior tenta a todo custo censurar e tirar do ar uma matéria divulgada pelo nosso portal de notícias no mês de maio.  A matéria narrada, citava denúncias de advogados da região que estariam se sentindo prejudicados pela falta de celeridade do magistrado. A matéria citou “dentro do contexto” uma reunião registrada há tempos por advogados de outra comarca com o juiz expondo uma situação parecida para parafrasear o momento atual.

Após a veiculação da matéria, a AMMA (Associação dos Magistrados do Maranhão) reagiu e encaminhou ao portal uma nota representativa defendendo o magistrado e alegando serem inverídicas as denúncias contra ele proferidas, a nota que esboçava o Direito de Defesa alega que o magistrado não tem culpa absoluta sobre a situação que pairava sobre a Comarca de Santa Luzia do Paruá (a nota foi postada em nosso portal no dia 20 de maio do presente ano, conforme pode-se ver AQUI). O redator da matéria nunca teve qualquer contato com o magistrado nem teve qualquer processo com julgamento resultando de sua atuação, não reside inclusive na Comarca e só expressou seu direito de dar voz a denúncias que foram geridas por vários advogados da Comarca, o que refuta sua tese de que houve qualquer tentativa de difamação.

A evidente tentativa do magistrado de censurar matéria faz abrir um preceito perigoso no judiciário local, onde juízes “trajados do espírito de semideuses”, se acham no direito de serem elogiados por suas atuações, mas não de serem criticados pela falta delas. Esse tipo de conduta só se aplica em um regime ditatorial onde somente um lado da história dá sua versão, conduz os tramites na tentativa de silenciar quem quer se demonstre oposição às suas condutas erroneas.

QUAL A SUA REAÇÃO A ESSA NOTÍCIA???
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui