TRISTEZA – Duas jovens morrem em menos de 24 horas por complicações de saúde, em Governador Nunes Freire

2

O dia 17 de outubro ficará marcado como um dos mais tristes da história de Governador Nunes Freire. Infelizmente, duas vidas foram perdidas, a primeira foi a jovem identificada por Maria Raimunda, que morreu em trabalho de parto. O bebê conseguiu sobreviver, mas a mãe infelizmente não teve a mesma sorte, segundo pessoas ligadas a família o hospital não teria condições necessárias para fazer o procedimento correto que o parto requeria.

A segunda foi Suely, moradora do bairro JK, que infelizmente perdeu a vida por complicações cirúrgicas, uma situação que deveria ser de imediato encaminhada para São luís, por motivo de não ter ambulância(uma não sai do pátio do hospital, por não funcionar, a outra em péssimo estado não dá conta dos atendimentos) e do hospital não ter equipamentos necessários para a realização de procedimentos muitas vezes simples.

Infelizmente, a saúde pública do município vem sendo insuficiente e vidas estão se perdendo por falta de infraestrutura de trabalho, de condições de realizar o básico em um hospital que deveria ser referência. A atual gestão não tem uma resposta concreta para resolver o problema do deficiente serviço de saúde que vem se arrastando nessas condições por anos.

QUAL SUA REAÇÃO COM A NOTÍCIA?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry

2 COMENTÁRIOS

  1. Isso nao é bricadeira, q acontece com a saude de cada ser humano qui a cada dia vão perdendo sua vidas é sua familia vào deixando numa gestao mal administrado, qui pouco liga para as pessoas qui ñ tem condiçoes as vezes nem de pagar um ezame particular…moro numa cidade perto dessa air, so qui e muito pior aqui nem medico tem as.mulhres quando
    Sente dor ganha do lado de fora do hospital sozinha porque não tem medíco, centro novo do Maranhão…entao gente vamos saber escolher nosso canditato aprefeito , pra nois não sofre mais quatro ano novamente …

  2. Isso realmente é um caos que acontece nos hospitais de todo o Brasil e principalmente em lugares próximos da gente em lugares em que a saúde devia ser o centro das atenções da população, a sociedade sofre com todo isso

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui