Após conseguir empregar família, incluindo própria filha em hospital, prefeito Plácido Holanda e Gean Albuquerque são alvos de ação do MP

2

O Ministério Público do Maranhão representando pela pessoa do promotor Hagamenon acionou o Secretário de Estado de Saúde do Estado para a tomada das providências necessária visando a exoneração da família quase inteira do prefeito Plácido Holanda, que passou a ocupar os principais cargos do Hospital Francisca Melo após sua reabertura parcial. Mostrando chateação com o fato do prefeito e do ex-secretário Gean Albuquerque terem “pisado” nas determinações dos órgãos de saúde realizando grande aglomeração de aliados no interior do estabelecimento, algo que não estava programado e que aconteceu sem prévia autorização do MP e do Governo do Maranhão.

No texto o Ministério Público explicita a teia de irregularidades encontradas: LARISSA “MILLENA BARBOSA DE HOLANDA (cargo supervisora administrativo, filha do prefeito JOSÉ PLÁCIDO SOUZA DE HOLANDA); LUAN EMANUEL DE HOLANDA MARQUES (cargo encarregado de RH, sobrinho do prefeito JOSÉ PLÁCIDO SOUZA DE HOLANDA); VANEZA DO CARMOS MEDEIROS CAMPOS (cargo encarregado de faturamento, irmã da secretária de recursos humanos da prefeitura local, VANESSA DO CARMO MEDEIROS HOLANDA e casada com primo do prefeito JOSÉ PLÁCIDO SOUZA DE HOLANDA); REGIANE DE ARAÚJO SANTOS (cargo supervisor administrativo, companheira do diretor administrativo do Hospital GEAN CÉSAR DE ALBUQUERQUE, cumulando a mesma também cargo no município local de diretora administrativo do Posto de Saúde do Monte Dourada, via anexa) e CÍCERO NUNES CHAVES (supervisor administrativo, esposo da secretária de educação da prefeitura local, EULALIA RODRIGUES MUNIZ).”

O Ministério Público também recomendou ao Secretário Carlos Lula, a exoneração do diretor administrativa e pré-candidato a vereador enfermeiro Gean Albuquerque, que de acordo com denúncia, estaria negociando cargos no hospital em troca de votos.

CONFIRA:

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Por enquanto nenhuma novidade do que já se poderia esperar dessa corja. O que mais indigna é o fato de terem sido provado tantas irregularidades, mostrando o quão irresponsáveis são na administração do bem do povo e ainda terem a coragem(falta de vergonha) de irem na casa do cidadão pedir voto para o representar. Deixo aqui minha indignação, mesmo sabendo que não fará muita diferença em meio a tanta corrupção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui