Prefeito de Carutapera desmente FAKENEWS e cobra da Polícia Civil investigação, visando descobrir origem de medicamentos apreendidos

0

O prefeito de Carutapera, André Dourado entrou pessoalmente em contato com os delegados de Polícia Civil de Cachoeira do Piriá e de Carutapera. Cerca de 2500 comprimidos de azitromicina foram apreendidos pela PRF quando estavam em transporte para a cidade de Cachoeira do Piriá. Os responsáveis pelo transporte afirmaram que a origem dos medicamentos seria Carutapera. Ontem, em contato com a Polícia Civil, o prefeito André Dourado cobrou publicamente uma investigação a fim de descobrir a procedência dos medicamentos. O gestor ainda aproveitou a oportunidade, para desmentir informações FAKEs divulgadas por oposicionistas.

Em nota a Prefeitura de Carutapera, rechaçou versões:

Na última quarta-feira (6 de Maio de 2020), foi noticiado uma apreensão feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de 2,5 mil comprimidos do antibiótico Azitromicina di-hidratada, ocorrido em fiscalização na BR-316, no Município de Cachoeira do Piriá, Estado do Pará. Na ocasião foi veiculado que o medicamento, o qual tem sido utilizado para tratamento experimental do Covid-19, teria sido extraviado de Hospitais públicos e Unidades Básicas de saúde – UBS deste Município de Carutapera/MA.
Nesse contexto, a Prefeitura Municipal de Carutapera/MA, dentro de sua Competência, vem a público informar que tais notícias não são verdadeiras. Registre-se o fato de todo medicamento adquirido pela Secretária Municipal de Saúde – SEMUS, fica registrado e é controlada pelo HÓRUS, sistema nacional de gestão da assistência farmacêutica de acesso on-line implementado pelo Ministério da Saúde do Brasil, cujo controle é exercido de forma criteriosa pelos profissionais da Farmácia Básica do Município, o quais em nenhum momento acusaram a falta do medicamento em comento.
Outro ponto a ser destacado é o fato do Município de Carutapera jamais, nesta atual gestão, ter adquirido uma quantidade tão grande da medicação Azitromicina (2,5 mil comprimidos), a qual, ademais, possui características distintas se comparadas às adquiridas pelo Município e utilizadas nos postos de saúde, daquelas apreendidas na atuação da PRF no Estado do Pará (comparação fotográfica).
Assim sendo, a Prefeitura Municipal de Carutapera/MA, na pessoa do Prefeito Municipal, André Santos Dourado, repudia as informações inverídicas de que a medicação Azitromicina di-hidratada, 2,5 mil comprimidos, apreendida pela PRF no Estado do Pará, teriam origem de extravio dos postos de saúde deste Município.
Por fim, informe-se que o setor Jurídico já está contato com a Delegacia de Polícia do Estado do Pará, Município de Cachoeira do Piriá-PA para acompanhar as investigações e a partir daí tomar as medidas cabíveis.
Carutapera/MA, 08 de Maio de 2020.

QUAL SUA REAÇÃO COM A NOTÍCIA?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui