Diante de sindicalistas, Flávio Dino defende que funcionários públicos voltem a ser obrigados a pagar imposto sindical no Brasil

0

O evento foi realizado no Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo serviu para a realização do ciclo de debates chamado “O Brasil que queremos”. Na abertura do ciclo o convidado foi o governador do Maranhão, Flavio Dino.

Para o governador o movimento sindical é a proteção da classe trabalhadora e precisa ser protegida para que o trabalhador não seja massacrado pelo capital.

Flávio Dino defende uma frente ampla pela democracia. Não uma frente da esquerda, mas de todos aqueles que defendem a democracia “independente de alianças partidárias”.

Durante sua fala, o governador comunista defendeu que é necessário revogar as leis antissindicais aprovadas desde a queda da presidente Dilma ou seja que haja uma corrida pela obrigatoriedade do pagamento do imposto por parte de funcionários público, como forma de ressuscitar sindicatos.

Participaram do debate com o governador, representando a categoria metalúrgica e a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, os diretores José Silva e Rodrigo de Morais, e, representando o Congresso Nacional, participou o deputado federal Orlando Silva, do PCdoB.

QUAL A SUA REAÇÃO COM ESSA NOTÍCIA?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui