Flávio Dino omite créditos de Bolsonaro em programa que vai ampliar em 180% o número de cirurgias eletivas no Maranhão

0

O Ministério da Saúde pretende zerar a fila de espera para cirurgias eletivas no Maranhão, para isto destinou cerca de R$ 8.425.000 para a gestão Dino realizar toda a demanda, em sua maioria de cirurgias oftalmológias. O fato ocorreu na primeira semana de 2020, já nesta semana o governador comunista lançou o programa MAIS CIRURGIAS visando se utilizar destes mais de R$ 8 milhões em caixa para aumentar em 180% o número de cirurgias eletivas sem dar os devidos créditos.

Ao todo o Governo Federal pretende gastar em 2020 cerca de R$ 250 milhões para zerar as filas desta categoria de cirurgia no pais.

Infelizmente, o governador do Maranhão não tem crise de consciência, a prova disto é que durante toda a propaganda do programa lançado nesta semana, tomou todos os créditos para si, omitindo que quem vai financiar todos os procedimentos é exatamente o governo que este tanto faz questão de criticar, o de Jair Messias Bolsonaro.

Material vinculada no site do jornal O ESTADO no dia 08 de janeiro de 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui