Pagamento de diárias fantasmas coloca presidente da Câmara de Vereadores de Timon na mira do Ministério Público

1

O Ministério Público do Estado do Maranhão resolveu instaurar Procedimento Administrativo para investigar o uso indevido de verba indenizatória na Câmara de Timon. Entre os investigados estão o presidente da casa, Francisco Helber Costa Guimarães e o vereador Luís Carlos da Silva Sá. A denúncia chegou ao Ministério Público através de outros vereadores da cidade, que acabaram por denunciar o esquema. Em resposta, o MP investiga o pagamento de verba indenizatória paga aos investigados, de julho a dezembro de 2018.

1 COMENTÁRIO

  1. Cadê Timon que não vai lutar pela cidade. E os hospitais daí tem CTI porque são Luís e Teresina não vai aguentar todo mundo de outras cidades. Lutem pela de vcs. Chega de corrupção por isso que o Brasil está assim uma pobreza e miséria total.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui